Estou pronta para recomeçar.

1 ano.

Quando disse sim, esperei uma história diferente. Um amor, um processo, companheiros. Lembro- me de todos os momentos, de quando te conheci "de novo", do nervosismo de conhecer sua mãe, do dia em que me segurei pra lhe dizer eu te amo. Caramba, eu nunca me arrependi.

Quando eu disse me permitir, um alívio. Lembro de todas as noites juntos, dos carinhos, dos abraços, das "n's" promessas, dos bilhetes que lhe deixava pela manhã para que seu dia fosse mais feliz, dos sorrisos após "o ano novo" o que a gente tinha na cabeça? Kkkkk

Lembro da sua partida e de tudo que com ela veio e sinto muito. Tudo que era/foi se perdeu e não pudemos fazer muito do que fizemos e eu entendo.

Repito que todo processo é processo, por mais doloroso que seja. E doeu, muito. Hoje, já não dói mais. E dessa vez eu não sinto muito. Eu agradeço.

Precisei perder tudo para descobrir tudo que tenho hoje e que há 1 ano atrás nunca sonharia em ter.

Eu queria poder voltar no dia 04/11/18 e dizer "não tenha medo de dizer eu te amo" ele vai embora de qualquer forma. E você, você vai se tornar a melhor versão de si mesmo, uma mulher forte e destemida, você aprenderá a não depender de ninguém, você descobrirá a força que habita em você, você ficará sozinha, não tenha medo. Você o ama, ele não. E tudo bem, quem vai sair perdendo dessa vez é ele.

Fire on fire

As vezes é o querer tanto que dói,

É o querer estar que machuca

É o sentir,

Poxa como eu sinto tanto

Fazem meses que não escrevo algumas coisas..

Já fazem meses que não escrevo sobre como me sinto,

Como é estar gostando de alguém, Como alguém próximo me machucou, Como pedir tudo por causa de expectativas..

Ah, evelin.. Porque você tem mania de gostar do errado?

O que tem no obscuro que tanto lhe atraia?

O que tem naquele sorriso que tanto te fascina?

O que tem nele que não consigo sem o ter por perto?

Eu nem sei como é suprir um vazio sem se preencher do outro

Eu não sei mais ficar sozinha

Como é estar no escuro?

Como é bater de frente com a minha escuridão?

Como é se sentir sem opção?

Como é amar duas pessoas ao mesmo tempo?

É possível?

Como é viver em um mundo do qual não se encaixa?

Bom, eu conheci alguém que me faz suspirar..

Ele adora requeijão no pão,

Dorme agarradinho,

As vezes confunde as idéias,

As sandálias,

E a blusa ao avesso..

É uma história bem engraçada até porque eu não gostava dele, mas era atraída por ele (quanta ironia) Eu já disse que gosto do proibido? Kkk

Bom, 4 anos depois estamos aqui, juntos.

Eu não diria que foi algo que foi construído através dos anos..

Foi algo nosso

Algo que não se explica

Algo intenso

Algo que ambos não esperava A eletricidade

A vontade

O querer (espero que seja recíproco durante os anos)

O estar.

Algo nosso!

Quanta ironia somos do signo que não gosta de se amarrar e se prender a ninguém, mas, o que tanto tem nele que eu quero?

O que aqueles olhos negros escondem? O que ele fez ?

Eu nunca fui de me amarrar a ninguém, Eu sempre gostei,

Quis ter

Mas nunca tinha e isso me acostumou a ser sozinha... E eu fui, durante um bom tempo.

Mas, agora não quero mais! Eu quero ter alguém ao fim do dia

Que contemple os fins de tarde comigo,

Que seja companheiro Na vida e no trabalho

Que esteja lá no início da manhã com aquele sorriso lindo de bom dia,

Que a gente dance em pleno o amanhecer a primeira música da nossa conquista juntos

Eu quero dançar com você todos os dias

Eu quero poder amar você todos os dias

E em fim Eu quero estar com você Todos os dias que eu puder.

Eu pretendo a(mar) você todos os dias.

T(n)ua.

Eu queimo.

De dentro para fora.

Uma inconstância de vontades.

Eu que nunca me permitir escrever sobre, hoje coloco para fora certas vontades das quais nunca me permitir dizer.

Eu que sempre quis muito, sempre tive tão pouco.

Nada supria minhas vontades e anseios. 

Ninguem nunca me entendeu quando eu dizia querer... Eu quero tudo. 

Eu quero sentir tudo. 

Cada fragmento da sua respiração em meu pescoço,

Seus olhos ardentes de desejo me observando,

Suas mãos.. e que mãos, passeando por todo caminho aqui desenhado.

Que você descubra os melhores lugares em mim, que os seus beijos alague cada centimetro do meu corpo e que assim me faça tua.

 

T(n)ua - de corpo e alma.

Me permita ser,

nem que seja apenas uma noite. 

 

Deixe que os astros festejem por nós.

Enquanto a cidade toda dorme, estaremos aqui,

festejando e contemplando o corpo (universo) um do outro.

Há momentos em que desmoronamos, mas nos resconstruímos melhores do que antes.

Nunca fui de seguir padrões, 

de fugir de uma luta, e erguer portões.

Nunca tive medo de perder, por mais que sempre perdesse.

Exigia garra e vontade, mesmo que a minha vontade fosse de desabar;

Sempre tive comigo garras de outras vidas, a essência do mar, e todo o fervor de um vulção.

Nunca fui de fugir, mesmo que me dissessem o oposto.

Minhas lutas internas, caminham ao meu lado, meus fracassos em relacionamentos, estão presentes em formas de ensinamentos.

Meus medos estão presentes em meus impulsos, para que invès de desistir, eu retorne mais forte.

A vontade de desistir muitas vezes me assombra, mas, não a deixo ter voz.

Quando você tem medo do escuro, ele te carrega junto pro teu lugar mais sombrio.

Quando você se sente sozinho(a) e não tem ninguém pra conversar, você se sente como se fosse a pior pessoa do mundo, por estar assim, a maior culpada por estar sozinha. Mas, a verdade é que ficar sozinha é a maior prova de auto-independência que você poderia se dar.

 

O medo de acreditar que nada um dia dará certo, te quebra e lhe assombra por terríveis dias, lhe deixa em pedaços inacreditáveis, que um dia, acredito eu, que você os achará de volta. Um dia, em um desses lapsos de memórias, você se recorde daquela noite de verão, onde não existia fantasmas e inseguranças passadas.

 

Onde o calor estivesse um pouco mais quente, e o sol com um tom acolhedor, quando nesse mesmo instante, presente, passado e futuro estivesse em uma mesma instância e o colo suave permanente, lhe acolha de todo o susto já passado e você reedescobre novamente sua força, seu brilho intenso como o sol, e sua essência valente.

E volta novamente ao presente como mais determinção e força.

Onde tudo brilha como o sol, onde exala perfumes de flores silvestres, e permanentemente sua essência se reconecta com você e finalmente você se reconhece.

 

 

Após um tempo, finalmente posso dizer, como alegramente é bom me ter de volta.

 

Essência de mar.

Faz muito tempo, que não escrevo sobre mim.  Acho que é o medo da vulnerabilidade, ou de não ser socorrida a tempo de entrar em pratos, digamos que é algo que vem acontecendo bastante. Faculdade, vida pessoal, colidem ao mesmo tempo, em dias como eu esse, eu deitava na cama, mas, não me reconheci. Já não era mais templários Morfados, me escondia em uma surperficie sem cheiro e flores. Deixei minha mente entrar em colapso, meus desejos subtendidos, minhas vontades ocultas. Fui engolida por essa sociedade mesquinha e sem alma. Eu que sempre fui mais alma, do que essência, estava me perdendo, me desconhcendo, me naufragando. Então, fui para onde me sinto mais eu. Fui pra onde, não havia julgamentos, onde meus olhos transbordavam alma, onde sentia paz. Cada vento daquele lugar, apaziguava meu coração, me tranquilizava, me energizava, me transcendia. Cada minuto naquele lugar, cada riso, cada palavra, cada pedra trazida de lá, foi como uma busca e esperança, de uma eu, que não estar perdida. Foi como um eco de um não ser, uma alma vazia, de pessoas vazias, um perfume de um amor vazio que impregnava meu eu. Quando pude dar por mim, o mantra foi  sendo restaurado, a essência renovada, o brilho que antes havia perdido, pairava. Então pude te encontar, o moreno que hoje presente na minha vida, me leva ao mesmo questionamento de antes sobre a alma, sobre todos os sentidos de ser, de querer e de ter.

 

 

Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana."

Carl Jung 

 

 

Saudades, tua.

São 10 horas da manhã, abro minha janela, para que os raios solares, inundem minha sala e tragam cor e luz para meu dia. Busco minha primeira xícara de café do dia, sento no sofá e deixo-me levar pelo cheiro forte e doce que vem da xícara, acabo-me recordando da nossa tarde, do mar, das risadas ( a sua principalmente), do seu jeito fofafado (te coloquei o apelido, bj) de cada traço teu, de cada pedacinho que guardei como recordação daquele dia. Deixo a saudade me dilacerar, e mais momentos surgem, mais fatos pra sentir tua falta.

Pode parecer apressado, e que seja, eu não ligo, quero você.

E que venha o pacote completo; Tua risada que é ironicamente engraçada, teus olhos que brilham quando você fala dos teus sonhos, Do jeito como você dorme, fazendo biquinho, awn ..

Pode parecer apressado, mais eu sou de urgências, do sentir. E quero te conhecer, mais. Mais coisas boas e ruins, quero ser teu colo pros dias maus, bons. Quero estar aqui, pra quando você precisar, e mesmo que não precise.

São tantos quere's e pensamentos, que não percebo, que meu café esfriou, o wpp cheio de msg do grupo da faculdade, que meu pinterest, alertou mais imagens de destinos de viagem, fotos de cabana e tatto, é tanta vontade de estar cntg, que a estudante de humanas, se deixa viajar mais uma vez, pro teu lado, matar aquela saudades, lhe dar um beijo saudoso de bom dia, com gostinho de café.

Junto ao meu, doce e afeituoso.

Coisas que nunca digo.

Estou escrevendo como naquela velha primavera passada, sentada no chão da sala com coisas que não consigo dizer, com pessoas que queria que ficasse na minha vida não só por interesse ou comodismo, mas que me conhecesse, que soubesse que sou péssima em contar piadas (mas ainda sim eu tento), odeio picles, e adoro ketchup no feijão (um pouco estranha, admito.) que danço mal pra caramba, mas, ainda sim acho graça da boneca do Paraguai aqui.

 

Eu quero que alguém fique, não por eu ser um Mulherão da porra (quesito beleza.)  Mas por eu ser alguém que você ainda não descobriu, que eu tenha falhas e isso seja pelo menos algo bom, que alguém me ouça quando eu não puder dizer, que entenda os malditos sinais (mulher complicada não é mesmo!? ) que não veja só as coisas ruins, ou meu modo agressivo.

 

Que veja a Luz, ou apenas a doida mesmo.

 

Mas que veja, que por mais que eu seja repleta de defeitos,

 

Sei ser mar,

 

 

Sei transbordar. 

 

Então, se eu fosse você, nunca me deixaria ir.

Lebenslangerschicksalsschatz

Eu não tenho uma linda história de amor com o Max,

 

Nunca ganhei uma trompa azul,

 

Nem se quer tenho um guarda-chuva amarelo.

 

Mas, tenho as melhores e piores piadas do mundo,

 

Sou péssima em ser engraçada, mas sou ótima em ser atrapalhada.

 

Tropeçar na rua? É um dos meus charmes.

 

Não sei tocar violino.

 

Odeio economia (você já sabe).

 

Sou sentimental,

 

Porém nem todo mundo ver.

 

As vezes me sinto uma Robin,

 

Uma lilly,

 

Mas, nunca uma tracy.

 

Uma the one,

 

Uma de alguém.

 

Não peço que roube uma trompa azul pra mim.

 

Ou troque de guarda- chuva com as mesmas inicias

 

Ou até mesmo goste das mesmas coisas que eu,

 

Que sejamos opostos, ou até mesmo parecidos.

 

Hoje, só lhe peço;

 

traga seu casaco,

 

Permita-me ficar com o seu cheiro,

 

Deixe-me sentir, você

 

e seja


o meu Ted.

Seria ele?

O homem da sua vida vai gostar do teu sorriso de lado, toda quarta, mesmo você sendo mau humorada.

 

O homem da sua vida, vai ajudar você a se apaixonar, vai te ensinar amar (como você nunca se permitiu)

 

O homem, aquele que você vai passar a te acordar toda segunda-feira com mensagens afetivas e coração, é o homem da sua vida..

 

É aquele que vai desejar te ver sorrir,

 

Ou o que vai te fazer sorrir..

 

Não vai existir mal tempo, não vai existir empecilho, é assim que é amar.. É você sentir com o coração ( é deixar ele arder) é fazer queimar, é se permitir viver o próximo dia, é começar a acreditar que tudo vai melhorar..

 

Seria ele?

 

Seria o homem que vai lhe fazer suspirar? Que vai aquecer todo o seu corpo, juntos como uma canção...

E você sabe, ele adora te ver dançar..

 

É dançando que você o tem, é assim que você o tem.

Mas você não sabe, aquele homem adora lhe ver ao luar, adora contemplar a nudez do seu corpo e da sua alma, quando você chega e aquece a noite, junto com o embalo da música que toca, você o tem, ele lhe tem. Corpo, alma.

 

Você ainda não sabe, mas ele é o homem da sua vida, ele vai fazer você suspirar e acreditar que se pode sim morrer de tensão, e continuar amando.

 

Você é mulher que fará das suas noites as melhores, vai ensinar como é ter..

 

Sim, ele vai lhe ensinar.

 

Te fará suspirar,

 

Sim,

Ele será o homem da sua vida.

 

 

Chasing Cars

Eu já não te ligo mais.

Hoje faz três semanas que também não te escrevo.

Sim, eu estou contando os dias, porque escrever... na minha escrita, nas minhas palavras, era  como eu me libertava do quanto você me prendia.

 

Há semanas atrás éramos um casal (bom, era assim que eu nos chamava) felizes, cheios de expectativas e esperanças.  Bom, eu tinha.

 

Agora estou aqui sentada ouvindo "Purpose" nossa música, você lembra?

 

Você lembra quando eu te dizia o quanto ela significava pra mim? O quanto ela me fazia lembrar de você? Lembra do meu desafinado só pra chamar sua atenção? Não, você não lembra. Pois se lembrasse você ainda estaria aqui. E estaríamos ouvindo nossa música.

 

Você ainda estaria aqui.. criando novas memórias. Não te digo que é fácil, depois de semanas, sem nenhuma inspiração, sem vontade, sem reação.

 

É como se eu estivesse constantemente na estação de trem, e ele não chegasse; seria apenas uma garota esperando por algo, que nunca vinha.

 

Eu só.. Eu só precisava ser salva. De mim, dessas versões irreais que eu criei pra te agradar, eu precisava ser salva desse mundo perfeito e ilusório.

 

Não podia gritar Socorro, porque as palavras foram sumindo aos poucos, não podia pedir nada, mas os meus olhos.. Eles sempre .. Eles gritavam...

 

Meus olhos, aqueles que um dia te admiravam, hoje gritavam..

 

Por socorro,

 

Por algo,

 

Por amor, a você.

 

Eles gritavam

 

Revolucionavam,

 

Por amor..

 

Eles gritavam aquele nosso A-deus..

 

 

Hold on I still want you

 2017. 

 

 O Sol acordou. 

 

Com ele uma nova chance

 

 Sim! 

 

Um amor.. Daqueles que faça você escrever poemas.

Daqueles que faça você ver amor em tudo, das coisas simples ao construtivo.

 

Daqueles que faça você suspirar,

Gritar,

Levantar armas e lutar

 

 

Daqueles que você; GRITE.

GRITE ALTO

GRITE COM FORÇA

Daqueles que não sejam um mero apelo.

  

 Que você mande nudes, mas não do corpo e sim da alma, que lhe façam perder a calma.

  

Que seja dado, recíproco e recordado, que seja algo.

 

 Que pelo menos seja, até passageiro como uma dose da melhor cerveja.

 

 ENTÃO QUE ASSIM SEJA!

 

 

Sentir é o meu forte.

 Não sei como dizer adeus. Tento escrever várias formas de despedidas, mas você sabe, é tudo meio complicado pra mim.

 

Lembro dos detalhes de quando ficamos juntos, o jeito que você falava, sorrindo como sempre e nunca demonstrando um traço de tristeza, quem dera eu ser tão forte como você, lembro dos seus braços me abraçando enquanto ficávamos meia hora juntos, eram as melhores do meu dia, mas nada disso se compara quando estávamos conversando e eu podia ver seus olhos negros, tão profundos quanto a escuridão. 

 

Não. Não me dava medo, despertava o meu desejo de te desvendar, de saber mais sobre você. Me sentia tão atraída, mas quem nunca?

 

- Todos os dias me perguntava, onde está o Pedro? Será que está bem? Será que continua com o mesmo número?

  

  Bom. Eu nunca tive respostas.

 

Me arriscava a digitar mensagens para você, mas, acredito que você nunca recebeu nenhuma delas. Dizer que está com saudades é mais complicado do que sentir. 

 

Bem.. você sabe que sou melhor sentindo do que falando ou escrevendo. 

      

  Sentir é o meu forte. 

 

Mas hoje quando olho pra linha do horizonte, eu lembro dos teus olhos e falo sem que ninguém possa me ouvir : Meu coração tem um pedacinho seu e por mais que eu ainda sinta saudades, eu preciso ir, dessa vez eu não irei voltar. E antes que eu me esqueça...Sim, eu ainda lembro do brilho negro dos seus olhos. 

  

 

Então, enquanto ninguém ver ou ninguém ouve, pois são 4 da manhã e a cidade toda está dormindo, eu respiro fundo e vou embora, mas dessa vez é diferente, eu me sinto bem. 

 

Eu espero de todo coração que você leia ou tenha lido meu blog recentemente e saiba que andei escrevendo pra você, pois não sei quando vou voltar a falar de você novamente.

 

 

  Sim, esse foi meu adeus.

Nunca tenha medo do amor.

 Quando eu comecei aqui, não tinha medo de falar sobre o amor, mas tinha medo de senti-lo.  

 

Gostava muito daquela frase: "O amor é o encontro de duas metades."  Talvez, eu o tenha encontrado, mas nunca me dei conta. Todas as vezes que olhava os olhos dele, eu vi um bem maior, apesar de não sentir o amor nele, eu sentia em seus olhos, no jeito dele sorrir e do jeito mais sem graça de dizer como ele estava certo. Ter medo de amar não é algo normal, você não tem medo do amor, tem medo de ser magoado pelo amor. 

  Então quando isso geralmente acontece, você se torna aquela menininha insegura que não sabe o que fazer quando diz pro garoto que você gosta que existe sentimentos profundos por ele, e ele rebate com o argumento que só queria amizade. 

 

Por favor, se isso ocorreu com você, pegue o seu coração e vá embora. Sim, você pode ter sentimentos fortes ou até ser amor, mas que amor doentio é esse, que só machuca ao invés de simplesmente amar...

 

Sim, eu sei como é horrivel, ir. Mas eu também sei como é bom, viver a vida, com simples lembranças de momentos bons e poder dizer que sim, eu o amei, cada traço, detalhe.

 

Amar ele, doeu, mas, foi tão bom me sentir viva que eu também tive medo de ir embora, tive medo de deixar tudo pra trás, tive medo de não me aquecer, como eu me aquecia em seus braços, tive medo de me afastar e cair. Acontece que assim é a vida, eu cai inúmeras vezes, fui magoada pelas pessoas que mais amei, eu tive meu coração partido por promessas jamais cumpridas, você pode tentar fugir, mais isso sempre acontece.. 

 

Acontece que eu não tive escolha, eu tive que deixar ele ir, e com ele foi todo os meus sentimentos, e vontade de sentir, como eu disse no começo, você não tem medo de falar de amor e sim de sentir. Mas tudo isso, me trouxe uma realidade diferente, pessoas novas, sorrisos novos, e uma nova chance de sorrir e viver por mim. 

 

 Mas acredito que eu nunca pude contar pra ele, o quanto eu amei, o quanto amei ver ele sorrir, o quanto amei ele melhorando meus dias cinzentos sem perceber e por isso que agradeço por ele ter me feito sentir, sem perceber me trouxe ensinamentos que sempre vou guardar, junto daquele sentimento, que eu nunca te contei.

Sou egoísta quando se trata de você

Sou egoísta sim. 

 

Quando se trata de você eu não consigo ter o auto-controle, eu tento fazer o possível pra não sentir sua falta, evito toda forma de contato, mas, nada disso funciona. Passar meses longe foi bom, eu pude te afastar um pouco, te evitar, mas e agora que você voltou? Eu não quero que você vá de novo

 

Eu quero dançar com você, quero fugir com você, quero ver o anoitecer com você, quero madrugar todas as noites com você, ver o seu sorriso toda manhã, quero sentir você, meu corpo quer sentir seu toque como se fosse uma melodia, sendo ensaiada.

 

Me diga como ter controle disso, eu tentei fugir mais uma vez, tentei não falar, tentei nem te olhar, mas, algo em você sempre me atraí, é algo que não entendo. 

 

Me diga o que fazer, me diga como agir, por que não posso sentir de novo, não quero sentir de novo.

 

Espero que isso passe com o tempo, porque tempo é tudo que não temos.

Stay with me

Aqui é o misto de mulher com poesia, um composto estranho, mas, eficaz.

 

Sou aquela que chorou a sua partida e estranhou a sua volta, será coisa de homem? 

Ou é apenas sua infantilidade de não saber decidir?

 

Hoje foi um dia daqueles, me peguei pensando no verão que quase te amei, bom eu acho que amei.. É relativo, bom, tudo que é referente a você ultimamente ta sendo relativo.

Bom, me peguei revendo os sonhos, o som da sua risada (eu senti falta de ouvir você ri, era o mais perto que chegava do céu), senti falta do seu abraço, você sabe que nunca fui fã de ser carinhosa, mas, amava quando você me abraçava sem pedir, eu senti tanta falta disso..

 

Mas, depois que você pegou sua última muda de roupa e saiu pela porta principal, eu senti doer cada flagelo do meu corpo, cada estrutura firme desabar, eu senti tudo naquela noite e não podia fazer nada, porque você decidiu ir e parecia não querer voltar. 

 

Então, hoje eu me pergunto se você foi embora, porque voltar?

Porque, gosta de ver as dúvidas que me causa?

Ou apenas só por diversão?

 

Por favor, eu não consigo mais. Eu não posso negar esse sentimento que pulsa todos os dias no calar da noite.. 

 

Eu preciso dizer, eu preciso gritar só dessa vez que sinto muito, eu sinto tanto por ainda te amar, e a cada partida sua, eu tento lembrar do som da sua risada e carrego comigo a certeza que um dia, você poderá voltar.

 

E se não voltar, eu finjo não sentir sua falta por uns 4 dias na semana e nos 3 últimos eu volto acreditar que isso um dia possa ser amor, outra vez.

Summertime sadness

Não sei se é saudades ou resquícios de lembranças, sinto como se cada átomo meu, implora-se por um toque seu.

 

Não sei o que faz crescer essa chama, que queima quando estamos juntos, não sei se são seus toques, se são teus doces lábios de uma criança ou se são seus olhos negros, que atrai todos os meus instintos de escorpiana, você sabe que não podemos ficar juntos.. Por mais que eu tente ficar longe, meu corpo, ele chama pelo seu moreno.. 

 

Sabemos que dezembro se aproxima e a cada mês que passou, eu pensava quando iria te reencontrar novamente.. Quando eu poderia sentir sua respiração perto da minha, o teu calor.. 

 

Poxa moreno, o que você fez comigo?

 

Como eu queria não pensar em você 

Como eu queria, não sentir

Como, você me fez sentir, o que eu jurava não sentir mais...

Me diz, o que eu faço, porque eu acho que eu sinto, eu sinto tanto, que simplesmente acabo sentindo muito.. 

 

Sinto, por você não aparecer dezembro, outra vez.. 

 

 Espero te rever outra vez, e dizer que sim.       

       Eu ainda sinto!

Blue Jeans

Quando vejo você sentado naquela varanda todos os dias, eu me pego pensando no que a gente viveu. Nas histórias que contamos, nas poesias feitas, nas discussões sobre séries, nas brigas sobre o nome do nosso futuro cachorro.. São tantas lembranças que à cada dia me atormenta um pouco, e eu tento não pensar em cada um delas. Mas sabe, eu estou tentando, tentando mesmo seguir com a vida, tenho lido muito, tenho tido aventuras que você adoraria saber, quem sabe um dia eu te conte?.. Quem sabe!

Se eu te falar, que eu achei um poeta, ele me passa tanta felicidade, que nem eu entendo.. Ele supriu com poucas palavras, versos simples e um coração enorme, cada parte que você danificou.. Não sei se foi a intensidade do momento, ou à tal posição da lua.. Mas eu acho que estou sentindo de novo, sentindo aquilo que sua ida me tirou... 

 

A vontade inebriante pela felicidade, a vontade de voar, de acordar e passar o dia recitando poesias para os vizinhos.. A vontade de viver!

 

Se me perguntarem, se ainda sinto sua falta, vou dizer que sim.. Só que hoje, não doi mais!

Stop fear love

Quando tudo parece ser errado, o medo te atinge, e você se sente perdida; a única coisa que lhe cabe fazer é:  Acreditar que você também pode REcomeçar.

 

Quando você tem medo dos sentimentos e tem medo de tomar suas próprias decisões, acaba impedindo a entrada da sua felicidade. Não tenha medo- não se deixe ser controlada. Então, SE!

 

Se você gosta, arrisque.

Se você ama, procure

Se teme, nunca ouse TEMER

Se tem medo, acredite nos seus propósitos

Seus traumas? Abra mão deles, de todos eles.

 

Acredite que você pode... Essa é a questão, você pode mesmo! 

 

  Sinta, sinta tudo. Ame, e se deixe ser amada. É verídico arrisque tudo pela sua felicidade! 

 

 Pare de TEMER o amor!

Meu negócio é tempo firme.

Quando conhecemos alguém juramos tanto que será apenas um gostar passageiro. Apenas algo que trará segurança e apoio para os nossos piores momentos, acontece que não é bem assim.

 

Apesar de prevalecer esse juramento não comandamos os acontecimentos da vida, uma mudança no tempo e espaço, dois corações e apenas uma história... Como eu disse no começo, era apenas um gostar passageiro, porém quando o tempo passa você se apega aquela determinada pessoa você se perde, se desequilibra, se desencontra em mil versões de si. Acredite passei muito por histórias parecidas, amores não correspondidos e quem diz, um coração partido? Pois é. Ninguém sai dessa vida ilesa, sem machucados porém um dos piores é aquele que sabemos e não assumimos, se você gosta de alguém; sente falta de alguém, precisa de alguém, Se sente só. Não hesite, o amanhã pode não chegar e ser tarde demais e algo que já foi passageiro que criou profundezas em seu coração pode se tornar oco e vazio e se perder nessa bola gigante que chamamos de mundo. 

   Ouvi dizer em uma das minhas séries favoritas que você em hipótese nenhuma "Não pode desistir de quem você ama, o mundo poderia ser melhor sem aquela determinada pessoa, porém não seria o seu mundo sem ela."

 

Se arrisque. E seja feliz... 

Esvazie- se de si mesmo e retome o dom da felicidade

Passaram- se meses... Ou até anos e desde então a felicidade invade meu corpo, minha vida e meus sonhos.

 

Eu lutei contra todos os sentimentos por você, eu lembrava dos seus sorrisos todas as noites, de como você me fazia bem só por está alisando os frizados negros do meu cabelo; eu senti muito a sua falta passei dias, semanas até meses para aprender a resistir toda essa angústia que você deixou nessa história que eu apenas fantasiei. Tive medo, fiquei insegura pensei que não iria conseguir, quase perdi a fé em mim.. Eu me escondi do mundo, me perdi entre bilhões, até um dia que vi em um livro que dizia assim:

 " - Sua felicidade só depende exclusivamente de você, assuma o controle, persista e não desista. É sua vida, lute por ela."

 E olha que eu nem gostava de livros de Auto-ajuda e apenas aquele que vi na Stand, naquela tarde de uma terça-feira, me mostrou que eu merecia mais, eu podia mais eu precisava de mais e nada nem ninguém poderia tirar esse direito de mim.  Aquele direito... De Ser Feliz. 

Cada ferida que sara, é uma experiência que fica.

Naquele meado de Dezembro eu era mais uma das garotas perdidas em sonhos, contos, histórias e amores inacabados..

Aquela que acreditava no tal amor, acreditava que ninguém me machucaria novamente, apenas uma sonhadora, talvez.. Naquele mesmo mês, eu tive a certeza que tinha encontrado o tal "encantado", sentada na calçada imaginava seu sorriso, seus cachos soltos ao vento, aquela mania linda de tocar quando se sentia só, eu via as cicatrizes de alguém muito machucado, via também alguém corajoso de certo ponto, que tomou o rumo da vida; eu queria terminar aquela música que fiz pra você, que dizia assim: "Se for um dia, uma noite, e se tiver medo eu estarei contigo, nessa chuva de Novembro.. Pela primeira vez você não estará só.." passou meses e eu não lembrava mais dessa música, não lembrava mais do negro do céu, do meu medo súbito de altura, não lembrava mais quem eu era. Então, o inverno chegou, nele veio aquele Adeus que eu não lhe dei, aquele até breve ou até Dezembro novamente... Você decidiu ir,  e eu!?  Voltei a olhar pra lua, admirar meus sonhos e quer saber; sou mais feliz depois da sua partida, me encontrei, me renovei e agora entendo, que seu medo nunca se comparou a minha vontade de viver e deve ser por isso que hoje estou aqui. Pronta, em busca de uma vida e dedicada à vive-lá!

Nunca se acomode, e se permita a ver os horizontes.

Já fui a menina da minha mãe, o anjo do meu pai, já fui tantas para chegar no que sou hoje. Tive perdas nessa vida, dores incuráveis, momentos inesquecíveis, coração partido, muitas histórias para serem contadas e pessoas que entraram e sairam sem o "Adeus". 

Tive a chance de me perguntar o que tinha feito pra essas pessoas e me dei conta que o erro foi somente meu; eu fiz tudo errado, tendo me permitido que a ida dessas pessoas me deixasse mais confusa do que já estava, eu tinha que concertar, tinha que ampliar meus horizontes, abri os olhos. Tinha que me libertar dessa prisão que eu criei, minha doce ilusão de sempre fazer algo errado. As vezes, só as vezes deixar ir.. É um ato libertador!

A chance que eu nunca tive

Um dia eu ouvi dizer, que as pessoas não mudam elas apenas se revelam.. Eu já questionei muito essa frase. Tinha medo da verdade, de ver que o mundo não era o  "Meu conto de fadas", de que as pessoas não eram mais sinceras como antigamente e quem eu confiava, não era real. Precisei me "beliscar" ou como dizem acordar do "Mundo da Alice"; que pena eu nunca fui alice e nem pertencia o mundo dela, só queria viver em meu mundo, no meu canto e descobrir isso com o passar do tempo. Pois é, eu nunca tive essa chance, o mundo me acordou e eu tive que me desvincular dessa mentira, essa vida de ilusão que existia no meu cotidiano. Eu só precisava não culpar o mundo por isso e sim, apenas agradecer.

Evie.